Dev2 Comunicação Integrada

Acompanhe as novidadesaqui no Blog

Tendência de buscas por perto de mim


Tendência de buscas por perto de mim

Implantada em 2009, a tecnologia da geolocalização tem beneficiado milhares de pessoas ao redor do mundo. Através dela, qualquer dispositivo conectado à Internet pode ser facilmente localizado, com informações do país, estado, cidade, rua e até o horário onde esse dispositivo se encontra, gerando um conjunto de coordenadas geográficas. Usada principalmente por usuários de smartphones e tablets, se popularizou e cada vez mais faz parte do cotidiano das pessoas cada vez mais conectadas. Segundo dados revelados pelo IBGE, mais de 92% dos brasileiros usam o smartphone como principal meio de acesso à internet. Em dados de 2016, o acesso a internet por celular já ultrapassou o acesso feito via desktop (são 60,3% contra 40,1%). Tendo sempre um a mão quando a necessidade chega, as pessoas já perceberam todo o seu potencial. É aí que entra a geolocalização.

E como essas pessoas tem cada vez mais procurado a praticidade, a geolocalização trouxe uma ferramenta que atende essa demanda. A tendência de buscas por “perto de mim” cresceram 75% em 2017, segundo o Google. Os consumidores não estão dispostos a esperar. Estabelecimentos mais próximos ou que entregue o serviço em menos tempo ganha a preferência do consumidor. Com o processo de decisão de compra facilitado pelos smartphones, as pessoas decidem mais rápido o que querem e esperam também consumir mais rápido.

Ainda segundo levantamento do Google, pesquisas por “bares perto de mim” cresceram 12800%, ao passo que buscas por “restaurantes próximos de mim” cresceram 210%, deixando claro que o setor alimentício domina a necessidade de prontidão do brasileiro. Isso não quer dizer que outros setores não podem se beneficiar desse momento. Sai na frente quem inovar e saber oferecer essa metodologia com inteligência para atrair o consumidor. . “O mobile agora é mais um elemento que entrou na equação ‘para onde vou’”, destaca. Essa intersecção de buscas traz novos interesses, categorias que antes nem eram buscadas. “As pessoas hoje procuram por pasta de dente, azeite, tapioca… Procuram a melhor maneira para fechar uma promoção”, diz Rafael Russo, do Google Brasil.

Esse é o momento das empresas se valerem dessa tecnologia e melhorarem o foco para coletar dados corretos sobre a localização, interesses e comportamento das pessoas que buscam por esse serviço. Esse é o segredo para melhorar o desempenho das vendas, conquistando os consumidores cada vez mais exigentes.

« Voltar