Dev2 Comunicação Integrada

Acompanhe as novidadesaqui no Blog

Por que migrar para o comércio virtual?


Por que migrar para o comércio virtual?

Segundo dados da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), em 2017 o crescimento do e-commerce no Brasil foi de 12% em relação ao ano anterior, com faturamento na ordem de 59,9 bilhões de Reais.  O tíquete médio, no período, alcançou R$ 294, com destaque para as categorias Eletroeletrônicos (R$ 558,20), Óticas e Acessórios (R$ 454,40) e Acessórios Automotivos (R$ 418,20), de acordo com dados divulgados pelo estudo “E-commerce Radar 2017 – Resultados do mercado de e-commerce do Brasil” da Neomove, em parceria com ABComm. O e-commerce mostrou, mais uma vez, sua vocação para crescer, mesmo em tempos de crise.

Esse é um dos motivos de cada vez mais os empresários desejarem expandir seus negócios também para a internet. E isso não é tarefa simples. É necessário um bom planejamento de todas as etapas que serão cumpridas, pois não basta abrir o e-commerce e esperar que as vendas simplesmente aconteçam. Essa etapa é um dos fatores contribuintes para a sobrevivência ou mortalidade das empresas, junto à gestão do negócio e a capacitação dos donos. O empreendedor deve ser consciente de que a empresa é uma só, com dois canais de venda, e um se complementará ao outro. “A loja online valida um pouco a empresa, mostra que tem estrutura física, isso pode ajudar bastante. O e-commerce ajuda o físico, e o físico ajuda o e-commerce”, explica Thiago Sarraf, especialista em mercado na web. Ter uma loja virtual no mesmo segmento de sua empresa física é uma grande oportunidade para você crescer e aumentar suas vendas e o fluxo de clientes em sua loja física também. Seguem algumas dicas para você que quer alavancar seu negócio e migrar para o mundo virtual:

– Elabore um bom plano de negócios – plano de negócios é o documento que descreve todos os objetivos de negócio e, cada fase a ser elaborada para que estes objetivos sejam alcançados, analisando a viabilidade e se precavendo de possíveis riscos e incertezas.

– Conheça seus concorrentes – Faça uma lista com todas as empresas que competem com a sua no mesmo segmento, diretamente e indiretamente, antes de contratar os fornecedores e os demais profissionais.

– Escolha uma plataforma para a loja on-line – A principal característica da plataforma on-line deve ser a possibilidade de integração com o seu sistema de gestão empresarial atual, o que ajudará a manter a gestão de estoques, por exemplo, que necessita de um espaço físico adequado, com boa localização, segurança e tamanho que comporte a demanda prevista do público.

– Escolha bons parceiros de logística – O recebimento do pedido, separação, embalagem, expedição e entrega ao cliente são processos que devem ser executados com a máxima excelência. Daí a importância de uma empresa idônea, e de preferência mais de uma empresa, contando com o poder de atuação delas em diferentes regiões do país.

Enfim, Existem motivos de sobra para fazer um empreendedor de loja física aumentar sua atuação para as vendas online.

« Voltar