Dev2 Comunicação Integrada

Acompanhe as novidadesaqui no Blog

Fake news – o que é e como identificar


Fake news – o que é e como identificar

Fake news (notícias falsas, em português) são um tipo de imprensa que consiste na distribuição deliberada de desinformação ou boatos via jornal impresso, televisão, rádio, ou ainda principalmente online, como nas mídias sociais. As notícias falsas são escritas e publicadas com a intenção de enganar, a fim de obter ganhos financeiros ou políticos, muitas vezes com manchetes sensacionalistas, exageradas ou evidentemente falsas para chamar a atenção.

Esse termo já existe há um tempo, entretanto, ganhou popularidade após ser usado repetidamente pelo então candidato Donald Trump, durante as últimas eleições presidenciais dos Estados Unidos, em 2016, e foi, inclusive, considerada a palavra do ano em 2017 pelo dicionário Collins.

No Brasil, não é difícil receber fake news no feed de Notícias do Facebook ou em mensagens de grupos no WhatsApp, onde são usadas, até mesmo, para espalhar vírus e aplicar golpes em usuários do aplicativo. As notícias falsas, no entanto, vão além de brincadeiras inocentes na Internet e têm feito vítimas reais.

Segundo estimativa da PSafe, 8,8 milhões de pessoas no Brasil teriam sido impactadas por fake news nos três primeiros meses deste ano. A companhia de segurança informou que usuários do seu sistema de segurança dfndr foram impedidos de acessar mais de 2,9 milhões de fake news. Na comparação com o quarto trimestre de 2017, o crescimento na disseminação de conteúdos falsos foi de quase 12%, sendo o WhatsApp o meio favorito para esta proliferação – 95,7% das Fake News tiveram o aplicativo de mensagens como disseminador. Uma característica marcante das fake news no Brasil é o apelo a temas populares. Entre as principais temáticas abordadas pelos cibercriminosos, destaque para notícias atreladas a temas de saúde, somando aproximadamente 41% dos artigos. Em seguida, aparecem política (38%) e celebridades (18%).  Por isso a importância de o usuário checar a veracidade da informação antes de acreditar nela e compartilhá-la com sua rede de amigos. Esse processo deve ser feito não só com notícias, como também promoções e oportunidades que encontram pela internet. Umas das medidas que podem ser adotadas é nunca compartilhar uma notícia antes de ler e checar a veracidade. Uma pesquisa no Google já ajuda nesse processo. Pesquisar a reputação do veículo também é muito importante, assim como ver a data da notícia em questão. Não é incomum resgatar fatos antigos, muitas vezes já esclarecidos, e voltar a compartilhá-los como se fossem um acontecimento recente. Esses e outros passos ajudam a criar uma Internet mais segura, com mais diálogo e livre de mentiras.

« Voltar