Dev2 Comunicação Integrada

Acompanhe as novidadesaqui no Blog

Ainda vale a pena divulgar sua marca no Facebook?


Ainda vale a pena divulgar sua marca no Facebook?

Com a revelação de que informações de mais de 50 milhões de pessoas foram utilizadas sem o seu consentimento prévio pela empresa americana Cambridge Analytica com o objetivo de fazer propaganda política, as estruturas do Facebook foram abaladas. Prejuízos já ultrapassaram a marca dos US$74 milhões em valor de mercado, e as ações da empresa caíram 13,89%, segundo a agência Bloomberg News.

A empresa especializada em análise de dados para processos eleitorais teria tido acesso a esses dados ilegais através de testes na rede social. Os usuários que participaram destes testes teriam fornecido, mesmo inconscientemente, importantes informações não somente suas, mas também de todos os amigos do seu perfil.

Com tudo isso, tais escândalos não trouxeram apenas prejuízos financeiros para o Facebook. Algumas marcas já demonstraram a perda de confiança em investir em publicidade na rede. Empresas de grande porte já tiraram a mídia social de suas estratégias de marketing, como a empresa Mozilla, a fabricante de equipamentos inteligentes Sonos e o banco alemão Commerzbank. Outras se reuniram com executivos do Facebook para pedir mudanças na plataforma, na esperança da retomada da confiança para investimento de publicidade, como Mc Donald’s, Adidas e Unilever. No entanto, na contramão de toda essa situação, as marcas de atuação no Brasil continuam acreditando e mantiveram suas estratégias na plataforma.

O que fica agora é a insegurança, e quem trabalha com marketing digital de grandes anunciantes está com o sinal de alerta ligado. Análises do Wall Street Journal apontam que a reação do mercado se dá devido ao fato de que os impasses apresentados sugerem “problemas sistêmicos” relacionados ao modelo de negócio do Facebook e podem levar a “discussões regulatórias mais rigorosas”. Isso explica a crescente desconfiança e o “abandono de barco” de muitas marcas.

Em suma, apesar da grande repercussão, analistas avaliam que vai levar algum tempo até ficar claro se a insatisfação do mercado publicitário levará a uma significativa retirada de anunciantes ou se limitará a reclamações  de um grupo pequeno de clientes preocupados.

 

« Voltar